Tel: +55(24) 2271-1124  |  Email: folha@folhapopular.net.br




Parceiros



Petrópolis está entre os melhores lugares para envelhecer no país

Autoria: Redação  |  Fotos: Web



Petrópolis ficou em 20º lugar no Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade (IDL), indicador que considera dimensões como cuidados de saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação e cultura, além de indicadores gerais de desemprego, expectativa de vida e violência. O estudo é elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.

Estar entre as cinco cidades Grandes que mais alocam recursos em investimentos colaborou para a classificação de Petrópolis entre as 20 cidades de melhor desempenho na variável Finanças e, consequentemente, influenciou a classificação em 20º lugar no IDL 2020. Estar entre as 10 cidades de melhor desempenho em termos de acesso a esgotos e em termos de parcela da população composta de idosos coloca Petrópolis em 22º lugar em termos de Habitação. A cidade aparece entre as que mais têm pessoas com acesso a serviços de TV por assinatura, sugerindo infraestrutura de serviços acima dos padrões nacionais. Infraestrutura também se reflete na classificação de Petrópolis em termos de Cuidados de saúde, estando entre as 15 cidades com maior quantidade relativa de leitos.

Porém, o estudo também aponta que aspectos como a concentração de renda é um tópico merecedor de atenção, já que a cidade está fora do conjunto de 200 cidades de menor concentração de renda entre as 280 cidades Grandes. Outro ponto a ser considerado como negativo na cidade é o alto índice de acidentes de trânsito envolvendo vítimas, que coloca Petrópolis com desempenho médio, o que, segundo o estudo pode ser melhorado, dado o bom desempenho da cidade em outros termos, como Finanças.

 

São Paulo abriga o maior número de cidades com melhores índices

A pesquisa selecionou as mil cidades mais populosas do Brasil e as separou em dois grupos: as 300 maiores e as 700 menores. Devido à falta de dados disponíveis para as análises comparativas, o número de cidades avaliadas caiu de mil para 876, sendo 280 cidades maiores e 596 menores. Para cada grupo, então, foi elaborado um ranking, e o resultado mostra que, em ambos os casos, as dez primeiras posições são ocupadas majoritariamente por cidades paulistas.

Entre as maiores cidades, São Caetano do Sul e Santos lideram a lista, que tem ainda São Paulo na quarta posição, Atibaia, na oitava, Catanduva, na nona, e Americana, na décima.

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .

Voltar ao topo