Tel: +55(24) 2271-1124  |  Email: folha@folhapopular.net.br




Parceiros



Indústria fluminense recupera 42,3% dos empregos perdidos

Autoria: Redação  |  Fotos: José Paulo Lacerda



Pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), divulgada nesta segunda-feira (30) por meio da plataforma Retratos Regionais, revela que o setor recuperou de julho a outubro deste ano 15.225 vagas do total de 36.010 postos de trabalho perdidos de março a junho, devido à pandemia do novo coronavírus. O resultado da sondagem confirma que foram recuperados 42,3% dos empregos perdidos nos meses mais afetados pela covid-19.

O destaque é para o desempenho dos segmentos de produtos de metal, de borracha e de material plástico, que recuperaram os postos de trabalho perdidos e criaram novas vagas.

O comércio recuperou, de julho a outubro, 31% dos postos de trabalho perdidos. O setor de serviços ainda apresenta saldo negativo no acumulado desde julho (-5.142), período considerado pelo indicador de Retomada dos Empregos, da plataforma Retratos Regionais.

 
Outubro
Em outubro, o estado do Rio teve aceleração no ritmo de contratações, com saldo de 16.271 novas vagas formais, com carteira assinada. Em setembro, o número de postos de trabalho abertos foi de 8.966 e, em agosto, de apenas 5.152.

O setor que mais abriu vagas foi o comércio (+7.559), impulsionado pelo varejo de vestuário e acessórios (+1.056 postos criados). A indústria abriu 4.813 postos de trabalho e o setor de serviços, 3.875. Na agropecuária, o saldo foi de 24 novas vagas em outubro.

 
Setores
No setor, a indústria de transformação foi a que mais contratou em outubro (+2.945), seguida pela construção civil (+1.707) e pelos serviços industriais de utilidade pública (+307). Já a indústria extrativa teve saldo negativo (-146 postos).

A indústria de transformação, confecção de artigos do vestuário e acessórios (+828) foi o segmento que mais contratou em outubro, seguindo-se manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos (+670); produtos de borracha e de material plástico (+365); produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (+354); e produtos alimentícios (+348).

A capital do estado do Rio liderou o desempenho do setor industrial em outubro, com a criação de 2.412 vagas. Seguiram-se o sul fluminense (+903), centro-norte (+468) e a região Serrana (+413 postos de trabalho).

galeria de imagens desta notícia

deixe seu comentário



 



comentários

Os comentários não expressam a opinião da Folha Popular ou de seus representantes e colaboradores e são de inteira responsabilidade das pessoas que os escreveram.

Nenhum comentário



outras notícias



A Folha

Capa
Expediente
Contato

Redes Sociais

Facebook
Twitter
Youtube

Segurança

Acesso Restrito
Webmail

Assine nossa NewsLetter !

Por favor, digite seu Nome e Email

Digital Newsletter

Para cancelar inscrição, por favor clique aqui» .

Voltar ao topo